BAIXE AQUI
2ª VIA BOLETO

TELEFONES ÚTEIS

Antenas / TV a Cabo

D ZARTH

51- 3710-3022

Eduardo Volk

(51) 9186-0493

VITOR

(51) 9229 8123

Chaveiro

Chaveiro Pedrinho

(51) 3748-2799

(51) 9995-9842

Chaveiro Augusto

(51) 9622-0423

Celso Rex

(51) 9199-9438

Conserto Gás Central

Casa do fogão

(51) 3714-2001

(51) 9995-5288 Luis

Adilson Instalações

(51) 9 9238-1009

Desentupidor

Da Luz Desentupidora

3714-1060

Valmir desentupidora

(51) 9222-3590

(51) 9610-9297

Eletricista

Makiel Pezzi

(51) 9967-4009

Marcos Farias

(51) 9505-2484

Willian Kremer

(51) 9757- 1170

Elevador

Wolf e Wolf Elevadores

(51) 3716-1144

Thyssenkrupp - elevadores

0800-7080-499

Otis elevadores

0800 704 87 83

Encanador

Erlon - Sos

(51) 9 9894-0339

Roberto Reginatto

(51) 9 8153-1043

Extintores

GLOBAL EXTINTORES

(51) 8115- 9579

Faxineira

Kellen Serviços de Limpeza

(51) 9 9468-9219

Gesso

FERNANDO

(51) 9560-8645

Higienização / Dedetização

Verde Vida

(51) 3712-1208

Ecopragas

(51) 9978- 9382

Desin Soluções Ambientais

(51) 3726-3888

Extrema Manejo de Pragas

(51) 3729-6075

(51) 9808-7664

Jardineiro

Noel da Mota

(51) 9 9703-9917

Ademar Reis

(51) 9955-9238

Limpeza de Piscina

Eloir

(51) 9 9701-0111

Marceneiros

Sidinei - Esquadrias Gaúcha

(51) 9 9948-8250

Pedreiros

EDEVALDO

(51) 9672-9105

Inácio Lange

(51) 9 8165-4953

IVO SCHMEIER

(51) 8159- 9556

Pintor

Ismael (MGN)

(51) 9950-1172

RÉGIS FRISTCH

(51) 9845 7900

JAIRO BOTEGA

(51) 9953 3484

Portão / Interfone

IDEA - IBANES

(51) 9739 6046

ELETROCHOK

(51) 9935-4864

Kaseg & WM

(51) 3714-4962

(51) 3714-2377

BLACK SISTEMAS DE SEGURANÇA

51 3710-1443

BELPORT

(51) 9645-5292

Recarga de Gás

Elcio

(51) 3716-5071

(51) 9327-7206

ARCO GÁS

0800-510 6655

Central Gás

(51) 9596-1155

Rede de Proteção

Matias

(51) 9678-3307

Serralheiro

DIEGO FERRARI

(51) 9949 9088

João Weber

(51) 9 9163-8291

FABIO LUIS FERNANDES

(51) 9634 6996

Marcos - Esquadrias Rio Grandense

(51) 9 9509-0422

Vidraceiro

Vidraçaria Kramer

(51) 3748-1744

GERMANO M. KUHN

(51) 9298 - 1475

Vigilantes

Protepac

(51) 9646-4655

Prosul

(51) 9217-2158

GRUPO MIB

(51) 9855 2937

TELEFONES ÚTEIS SERVIÇOS CREDENCIADOS

No campo USUÁRIO informe CÓDIGO DE CLIENTE e na
SENHA informe seu CPF ou CNPJ (apenas números)



AVISO ENTRADA/SAÍDA
SOLICITE UMA PROPOSTA
SOLICITE UM CONSERTO
RESERVA DE SALÃO

DICAS DE CONFIANÇA

Animais em condomínios: regras evitam batalhas na justiça

A convivência com animais em condomínios é uma das grandes causas de discórdias e brigas entre síndicos e moradores. Ter um bicho de estimação dentro de uma unidade é exercício do direito de propriedade garantido pelo artigo 1.228 do Código Civil, e a restrição pela administração condominial pode resultar em medidas judiciais.

Assim, algumas limitações, como obrigar os moradores que possuem um animal de estimação a circular exclusivamente com o mesmo somente no colo, podem ser entendidas como constrangimento, ato ilegal com punições previstas no artigo 146 do Código Penal: "Constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, ou depois de lhe haver reduzido, por qualquer outro meio, a capacidade de resistência, a não fazer o que a lei permite, ou a fazer o que ela não manda: Pena - detenção, de três meses a um ano, ou multa"

Essa situação foi motivo, por exemplo, para um grupo de condôminos ingressarem com uma ação judicial contra um conjunto residencial localizado em Mogi das Cruzes, no interior de São Paulo. No local, eles eram obrigados a descer com seus cães pela escada (os prédios não têm elevadores) e cruzar mais de 100 metros internamente, da última torre do condomínio até a rua externa, com seus animais de estimação no colo.

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) entendeu que a medida tomada pelo condomínio pode inviabilizar a posse e manutenção de cães de estimação, consideradas as particularidades de alguns condôminos. A engenharia física do local, com prédios sem elevadores e alguns edifícios distantes da portaria, também foi considerada inadequada para esse tipo de exigência. Dessa forma, a Justiça decidiu que o condomínio deve permitir que os moradores passeiem com seus animais no chão, com guia ou trela, sem que sejam obrigados a transportá-los no colo.

O limite ao exercício do direito de propriedade é o respeito ao direito alheio e ao direito de vizinhança. Ou seja, a manutenção do animal no condomínio só pode ser questionada quando existir perigo à saúde, segurança, ou perturbação ao sossego dos demais residentes do condomínio. Conforme estabelece o artigo 1.336 do Código Civil, são deveres do condômino "dar às suas partes a mesma destinação que tem a edificação, e não as utilizar de maneira prejudicial ao sossego, salubridade e segurança dos possuidores, ou aos bons costumes".

As normas precisam ser criadas com o objetivo de proibir que os animais circulem em áreas comuns, como os parquinhos e halls, mas não que sejam impedidos de serem transportados no chão de suas residências até a rua. Assim, o condomínio por meio da sua convenção, regimento interno ou assembleia pode e deve regular o trânsito de animais, desde que não contrarie o que é estabelecido por lei.

São consideradas normas aplicáveis e que não confrontam com o direito de propriedade:

- Exigir que os animais transitem pelos elevadores de serviços, no interior do prédio somente pelas áreas de serviço, sem que possa andar livremente no prédio;

- Proibir que circule em áreas comuns livremente, tais como piscina, playground, salão de festas;

- Exigir a carteira de vacinação para comprovar que o animal goza de boa saúde;

- Circular dentro do prédio somente com a coleira;

- Impor o uso de focinheira para as raças previstas em lei.

Pode ser anulada na Justiça a decisão de assembleia que vise proibir a manutenção de animais, ou restrinja a circulação destes animais no colo ou com focinheira (salvo raças descritas em lei) nas dependências do condomínio. E exigir que o animal seja transportado apenas no colo, de focinheira, pode levar o condômino a situação vexatória, o que é punido pelo Código Penal, conforme explicado anteriormente. A circulação de animais com focinheira no Estado de São Paulo é regulada pela Lei nº 11.531/03, restringindo-se as seguintes raças "pit bull", "rottweiller" e "mastim napolitano".

Imagine, por exemplo, uma senhora com 80 anos e limitação de locomoção sendo obrigada a conduzir seu cão somente no colo. Nesse caso, o condômino deve ingressar com ação cível na Justiça, com o objetivo de garantir seu direito de circular com seu animal, com guia, de forma respeitosa, no trânsito de sua unidade até a rua, sem que para isso seja obrigado a passar por qualquer situação humilhante.

Assim, não é permitido ao síndico ou a assembleia deliberar em detrimento ao direito de propriedade. Comparativamente, seria o mesmo caso que a assembleia limitar o tamanho do automóvel que pode ser estacionado na garagem ou o número de moradores residentes em uma mesma unidade. Em ambos os casos, seja automóveis, número de moradores, ou animais o que deve ser considerado é se o uso da propriedade é nocivo, causa transtorno aos demais, infringe o direito de propriedade, caso contrário seria apenas o exercício regular do direito de propriedade.

Um cão pequeno que fique latindo de forma intermitente pode perturbar o sossego dos vizinhos, uma única pessoa em uma residência tocando bateria também pode trazer transtornos. Nestes casos as limitações são legítimas e passíveis de advertência ou multa e, em situações extremas, o Judiciário tem entendido a limitação do uso da propriedade. Porém, definir o número de habitantes, o tamanho dos animais, ou do automóvel significa infringir o direito de propriedade. O que deve ser limitada é a perturbação ao sossego, prejuízo à saúde e segurança dos moradores, que pode ocorrer independentemente da situação fática.

FONTE: Rodrigo Karpat para Portal Itaboraí
PUBLICADO EM 13/08/2014
CLIQUE AQUI E CONFIRA OUTRAS DICAS!
Voltar uma página

51.3709-0092

Rua Liberato Salzano
Vieira Da Cunha - nº183
Bairro Americano - Lajeado/RS


utilizadores online

Confiança Administradora de Condomínios © 2019 - Todos direitos reservados   |   Desenvolvido por Rock7

Área de acesso  restrita!